Sobre o edital de audiovisual

A Mostra de Cinema de Ibitipoca lança seu primeiro edital de audiovisual na próxima sexta-feira, 20. A iniciativa em parceria com o Muriqui Instituto de Biodiversidade (MIB) e patrocínio da Comuna do Ibitipoca tem o objetivo de incentivar a produção e difusão do cinema independente, além da preservação da flora, fauna e cultura locais. Ao todo serão 125 mil reais em prêmios para realização de documentários além de residência criativa para os cinco finalistas.

 

Nesse primeiro edital a região escolhida para as filmagens é a Comuna do Ibitipoca (antiga Reserva do Ibitipoca), na Zona da Mata, interior de Minas Gerais. São mais de cinco mil hectares que se estendem pelos municípios de Lima Duarte, Bias Fortes, Santa Rita do Ibitipoca, contornando e atuando como um cinturão de proteção para o Parque Florestal Estadual do Ibitipoca. Um espaço com rica diversidade de espécies e grande beleza cênica, palco para o surgimento e evolução da biodiversidade.

 

O concurso será composto por três etapas: Habilitação, Análise de Mérito e Premiação das Obras Finalizadas. A partir da habilitação dos candidatos através da análise dos documentos requeridos no edital, a Comissão Técnica de Avaliação de Projetos irá realizar a seleção de cinco projetos entre as propostas submetidas com base nos seguintes critérios: abordagem do tema, criatividade e originalidade; adequação ao público-alvo e potencial de interesse; planejamento e viabilidade de realização; histórico de projetos do participante e equipe.

 

A Comissão Técnica é formada por profissionais da área do cinema e das artes, Cláudio Manoel, ator, diretor e integrante do grupo Casseta &Planeta (RJ); Mariana Musse, professora universitária e produtora de conteúdo audiovisual (RJ); Marcelo Passos, jornalista e diretor de planejamento e roteiro da agência M3Vídeo (BH); Ricardo Malta, fotógrafo (RJ), além de membros da Mostra de Cinema de Ibitipoca, do MIB e da Comuna do Ibitipoca.

 

Premiação do melhor documentário

 

Além do prêmio de 15 mil reais mais residência criativa para os cinco projetos contemplados pelo edital, o vencedor do concurso receberá um segundo prêmio no valor bruto de 25 mil reais e terá exibição na Mostra de Cinema de Ibitipoca 2020. O segundo e o terceiro colocados também receberão uma premiação de 15 mil reais e 10 mil reais, respectivamente.

 

Residência criativa

 

O gênero escolhido para esse edital é o documentário, podendo ser desenvolvido em média-metragem, com duração entre 25 a 45 minutos. Todas as obras serão produzidas dentro da Comuna do Ibitipoca e no seu entorno: Lima Duarte, Mogol, São José dos Lopes, Conceição de Ibitipoca, Santa Rita de Ibitipoca e Bias Fortes. Para isso, as equipes responsáveis pelos cinco projetos selecionados na segunda etapa, receberão hospedagem, alimentação, e traslado a partir do Mogol na fase de filmagem.

 

Sobre a Mostra

Como Participar

Os interessados deverão montar suas equipes, com no máximo cinco integrantes, e realizar o cadastro do projeto técnico e envio de documentos entre os dias 20 de setembro de 2019, a partir das 9 horas, e 20 de outubro de 2019, até às 23:59 horas. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo link abaixo.

Podem se inscrever pessoas físicas e jurídicas.

 

Baixar Edital Quero me inscrever

Organização e patrocínio

A Mostra de Cinema de Ibitipoca nasceu em 2018 e busca incentivar produções independentes no cinema regional, nacional e internacional, atuando em várias frentes, com uma programação ampla e diversificada: sessões de curtas e longas metragens, oficinas de audiovisual, cortejos circenses, atrações musicais, feira de artesanato e gastronomia local, Mostra Itinerante de Cinema, entre outros, tudo oferecido gratuitamente ao público. Em sua primeira edição em 2018, levou 32 filmes entre ficção, animação e documentários para a vila turística de Conceição de Ibitipoca.

 

O Muriqui Instituto de Biodiversidade –  MIB é uma organização não governamental ambiental sem fins lucrativos, que desenvolve projetos de conservação do Muriqui-do-Norte, atuando principalmente na Comuna do Ibitipoca, espaço experimental de cunho socioambiental onde será realizada a produção e filmagem dos documentários.

 

Faz parte dos valores da Comuna do Ibitipoca o incentivo à produção e valorização de artes sustentáveis e divulgação de diferentes formas de conscientização sobre questões ambientais e humanas. O concurso vai de encontro com esses objetivos e amplia as expectativas de cada vez mais contribuir com esse cenário.

 

Dúvidas? Entre em contato